Secult divulga nota de pesar pela perda do Mestre Bigode

Ceará em luto. Com tristeza e pesar, a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) comunica o falecimento, nesse sábado (dia 12 de agosto), do nosso querido Manoel Antonio da Silva, popularmente conhecido como Mestre Bigode, de Juazeiro do Norte. Em nota oficial, homenageamos o mestre da cultura, um homem de ofícios e artes, de muita luz e tradição, uma inestimável perda para a nossa cultura. Mestre Bigode é celebrado hoje e sempre, faz saberes desde os idos de 1942, quando iniciou brincando maneiro-pau em Juazeiro do Norte – CE. Nosso eterno agradecer por tanta sabedoria, alegria nos terreiros da vida, por iluminar, ser farol e guia. Bigode é reconhecido pela cultura da dança, sendo lembrado também por ser o atirador de bacamarte número 1 do Estado do Ceará.

O Grupo de Bacamarteiros Padre Cícero, criado e liderado por ele há 50 anos, é um dos mais antigos em atividade no Estado. São muitas as histórias, ele quando menino conheceu Lampião e muito impressionado, dele apreendeu a estética que praticou por toda sua vida. Reunidos, os bacamarteiros do Cariri choram e vão homenagear seu grande Mestre e líder, com uma salva de 21 tiros dedicada ao herói popular. A Secult informa ainda que enterro será às 10h da segunda-feira, dia 14, acompanhado com um cortejo dos grupos de tradição de Juazeiro – o velório deve acontecer nas próximas horas junto à familiares e amigos.

MANOEL ANTONIO DA SILVA – Mestre Bigode. Maneiro Pau. Juazeiro do Norte-CE

Nasceu aos 4 de julho de 1923, na cidade de Iguatu, filho do pequeno agricultor José Antônio da Silva e da parteira Maria Luísa da Silva. Não teve condições de estudar, ficando no Fundamental incompleto. Trabalhou em funilaria e como carroceiro. Aos 39 anos foi residir em Juazeiro do Norte, onde ganhou o apelido de Mestre Bigode, quando começou a brincar de Maneiro Pau na cidade. Compondo um grupo de 12 homens, interpretava músicas em referência a fatos e personalidades que marcaram a história nordestina, na política (como o cangaço e a Coluna Prestes) e na música (Luiz Gonzaga).

Mais em http://www.secult.ce.gov.br/index.php/latest-news/46418-nota-de-pesar-mestre-bigode


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *